quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Montando uma LAN usando AD-HOC

Uma solução interessante para uma rede pequena onde temos apenas notebooks ou maquinas com placa WiFi são as redes AD-HOC.

É estranho ver que as pessoas, inclusive os técnicos, não sabem a respeito disso e os que sabem um pouco alegam que só é possível conectar 2 maquinas diretamente. Um engano.

Esta solução é perfeita para fazer uma LAN Party, pois sem cabos, roteador... enfim, sem qualquer infra extrutura, é possível ter uma rede local (na verdade o interessante é ter ao menos energia elétrica :-) pois senão a brincadeira dura muito pouco hehehe) pronta, onde uma das maquinas pode estar ligada a internet para distribuir internet as outras.

Implementei uma rede deste tipo e os resultados são muito melhores do que esperava. Uma latência muito abaixo do que esperava e uma velocidade boa. Foi jogado o jogo Counter Strike 1.6 nesta rede e o resultado foi excelente.

É claro que nesta primeira tentativa montei uma rede sem criptografia e aberta, mas a intenção era apenas verificar se funcionava :-)

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Como enfrentar uma fila de banco

Em primeiro lugar deve se ter em mente de que isto não é apenas um passa tempo, e sim uma guerra psicológica. Vamos ao armamento então:

-Celular de ultima geração com emuladores de tudo quanto é tipo de console e muitos jogos.

-Um iPod classic de 160gb abarrotado de músicas e as 3 temporadas de Lost ajuda.

-Uma bateria de plasma intergalático de chernobyl para este telefone, senão ele não aguenta o tranco.

-Um plano de dados ilimitado para o celular, ou se tiver sorte um sinal de WiFi.

-Um baralho espanhol ajuda se tiver parceiro pra jogar truco na fila também, mas é provável o guardinha irá reclamar.

-É interessante que o celular tenha câmera para fotografar a senha para poder provar que passou quase 2 horas na fila e que nem serviram café.

...conforme eu lembre de outras dicas eu faço um post futuro.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Convertendo fitas VHS para DVD

Como converter aquelas suas velhas fitas VHS para DVD ou apenas arquiva-las no computador é o que veremos neste tutorial.

Para converter para DVD existem duas formas de proceder, usando um gravador de DVD, que você liga diretamente ao vídeo cassete e usando uma placa de captura de vídeo em um computador.

O primeiro método é o mais simples, porém é complicada a tarefa de edição. Mas se o seu caso é apenas converter para DVD é o método mais simples e rápido.

É necessário ter um DVD Recorder, que é um gravador que você liga diretamente a TV e ao vídeo cassete. Obviamente em qualquer caso também é preciso de um vídeo cassete e cabos de áudio e vídeo para conectar o equipamento.

Vale a pena consultar o manual do gravador e do vídeo cassete para ajustar a qualidade e tempo de gravação e o modo de reprodução. Eu recomendo gravar 2 horas em cada DVD de 4.7Gb, pois mais do que isto faz com que a qualidade fique a desejar.

Para editar o material que foi gravado diretamente em DVD, é preciso copiar o DVD para um computador, ripando o disco para um arquivo que normalmente usa o codec DivX com extensão AVI, e então editando-o com o VirtualDub e autorar um novo disco de DVD com o AVI2DVD.

A tarefa de de autoração só é necessária caso queira converter o arquivo de vídeo para DVD no final do processo, caso contrario, basta apenas gravar os arquivos editados no VirtualDub em CD/DVD ou até mesmo subir uma cópia no YouTube, ou manter tudo no HD do computador.

No segundo método precisamos de um computador com um placa de captura de vídeo (algumas placas de captura também servem para se assistir TV e escutar radio FM). Utilizando o software da placa para capturar, basta proceder uma gravação em MPEG-2 e posteriormente editar, ou não, os arquivos gerados com o VirtualDub e autorar, ou não, um DVD usando o AVI2DVD.

Espero que este mini-tutorial ajude a quem quer digitalizar seu acervo de fitas VHS, e como visto a forma mais simples é utilizando um gravador de mesa, que não permite realizar um trabalho de edição e tratamento do áudio e vídeo.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

O dia em que o mundo parou

Um título um tanto quanto sensacionalista é verdade, mas o assunto Chernobyl merece.

Como explicar as milhares de pessoas que sem saber direito do desastre tiveram de abandonar seus lares as pressas. Somente a evacuação mereceria um livro.

A explosão ocorreu na madrugada do dia 26 de abril, mas a população ainda fôra chamada para a parada do dia do trabalho 5 dias depois, numa quinta-feira.

O porque de estar escrevendo sobre este assunto vem do interesse sobre a "mística" das usinas atômicas, do meu gosto por assuntos nerd e pelo site da Elena Filavota.

Escrito no celular e publicado no PC.

domingo, 25 de novembro de 2007

A volta dos que não foram


Hoje fico sabendo de uma baita de uma notícia. O canal #erelite voltou em um servidor melhor, o irc.chatbr.org.

Acho que a reclamação de outro dia surtiu efeito :-) pois além do comentário de que apenas o brasnet tinha acabado o irc estava vivo e bem vivo em alguns nichos, como help e transferencia de arquivos.

Espero que o erelite volte ao lugar de onde jamais deveria ter saido. Hoje são cerca de 30 usuários, mas amanhã quem sabe não sejam os mesmos 300 de algum tempo.

sábado, 17 de novembro de 2007

Sem métodos escusos, apenas usuários...

Já faz bastante tempo em que comecei a usar internet, muita coisas mudaram e outras nem tanto neste tempo. Uma das coisas que mais me aborrece é a quantidade de gente que não sabe usar a rede.

O usuário, muitos o crussificam, judiam e bestificam, porém vale lembrar que quem não passou esta passando por isso. E na minha opinião definiria dois estereótipos, os que tem a mente aberta para aprender e os que não querem aprender.

Foi o segundo tipo de gente que "matou" o IRC, pois o BrasNet acabou por causa dos constantes ataques aos seus servidores.

Obviamente outros motivos favoreceram a morte do sistema... Um deles a vaidade do povo brasileiro, motivo da decadência do orkut também, que segundo pesquisas mostra que temos a necessidade de ver quem esta do outro lado, de nos exibirmos... E isso contaminou a internet brasileira com a penteadeira de mulheres de família que tem luz vermelha na aba que é o MSN, além dos filhos destas mulheres, também conhecidos como miguxos e os bunda largas que mandam toneladas de porcaria por e-mail...

Talvez seja isto que esteja mudando desde o inicio da grande rede... a humanização do processo. As pessoas não querem saber de compromisso, não querem saber como fazer as coisas no espaço virtual pois é tarefa dos informatas humanizar a rede, de tornar a prova de idiotas. E nós inevitavelmente estamos muito aquém das expectativas mirabolantes dos usuários.

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Agora sim que as maria gasolina vão a loucura

Eu tenho mais uma teoria da conspiração...

Só porque uma reserva de pepsi quase maior que o aquifero guarani foi encontrada na fronteira entre o Brasil e a África não é motivo para que o São Paulo receba o Grêmio com o time titular...

E não me venham alegar que a garrafa vai ficar mais cara na cantina... o mussum descobriu uma reserva de pepsi e não de coca-cola :-P e se isso não bastasse ela fica quase na china e ai todo o cuidado é pouco (porque vocês sabem que o que tem de chinês na china é coisa séria...).

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

aga ene

Estava a andar pelas estradas da região. Um lugar remoto, onde a estrada de chão batido era cercada por arvores em uma pequena serra. Vimos todos luzes assombrosas vindas do norte. Uma pane no veiculo e o pneu furado foram apenas truques fajutos desta raça superior para fazer com que parasse-mos.

A nossa curiosidade foi o nosso maior erro nesta noite. Ninguém, exceto o que vos escreve, lembra sequer dos problemas mecânicos ocorridos no ônibus. Não posso escrever detalhes pois eles estão me vigiândo e corro risco de vida caso este texto venha a cair em mãos erradas.

Só lembro de ter visto as ditas luzes vindo na direção do veículo e da pane do mesmo, além de um ruído em forma de grilo, um barulho realmente assustador, vindo do fundo do ônibus e de ter ouvido as letras "EPA".

Não sei o que significam estas letras, pesquisas na internet relatam algo sobre um porco mutante com poderes orgânicos interessantes.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Age of Sandman

Será que vivemos num mundo pós apocalíptico onde o mal ganhou e não nos lembramos mais de como foi a nossa última refeição com Hades?

Que mundo é este sem tolerância onde homens de areia metaleiros jogam areia em nossos olhos e maças nos são oferecidas em nome da discórdia e cavaleiros dizem palavras extranhas e nos cobram arbustos como sacrifício?

Escute também:
Iron Maiden - Age of Innocence
Metallica - Enter Sandman

sábado, 3 de novembro de 2007

Telecurso com a Sabrina

Existem formas de expressar a arte mais engraçadas que os métodos tradicionais.

Por mais que sejam métodos escusos.

Conheces o Tomas?

Se não conhece:
  1. Contaras até 3;
  2. Não contaras até 4;
  3. Muito menos até 2 (exceto de passagem para 3);
  4. Um é uma repetição não exatamente igual da regra anterior seguido de uma repetição igual da regra anterior que delimita que não contaras até o número inteiro imediatamente abaixo de 3;
  5. Cinco só é permitido se Éris não proibir a não permissão que impede a ação da permissão;
  6. Não entregaras a granada santa na mão do aspira (porque, senhor, isso vai dar merda!);
  7. Neste passo voltas ao passo 1 e antes de executa-lo retiras o pino da granada (se já o tiveres feito ignore esta regra e siga para a próxima instrução);
  8. Joga a porra da granada santa no coelho inofensivo;
  9. E Tomas no *

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Show

Well, com um show do iron maiden prestes a acontecer em Porto Alegre em um local um tanto quanto pequeno (sem desmerecer o gigantinho), é de se esperar que os ingressos esgotem em poucos minutos e que apareçam na TV filas quilométricas de gente querendo comprar ingressos...

Um calculo simples:

Show do iron no olímpico com vendas de 50.000 ingressos (chutando por baixo) e cada ingresso a R$ 100 daria uma renda bruta de 5 milhões.

Não sei a que valor pretendem vender os ingressos para o gigantinho porem para que tenha uma renda equivalente da idéia anterior os ingressos deveriam custar cerca de R$ 250. considerando que a capacidade do gigantinho seja de 20.000 pessoas.

Mas chega de falar em iron...

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Shows inesquecíveis

Como motivação instantânea a nóticia do show do Iron Maiden em Porto Alegre (5 de março de 2008 no Gigantinho), vamos ao segundo post desta bagaça...

Faço uma breve lista dos melhores shows que já assisti ao melhor estilo meme que não é meme por que ninguém me convidou a fazer um meme sobre show inesquecíveis (hey... fica ai a dica)...

Meme que não é meme dos shows inesquecíveis:
Em ordem aleatória:

-Replicantes em Tapejara;

-Estradeiros do chão negro (Legião cover, Doors cover e Pink Floyd cover e mais uma banda não cover que era meia boca) em Tapejara;

-Skank em Erechim;

-Tequila Baby também em "campo pequeno";

Gostaria de incluir também o show do sepultura cover no cemitério municipal. como parte das comemorações do dia de finados... mas este não aconteceu ainda :-(

Sobre revistas e livros

Como meu primeiro post, nada como escrever sobre revistas velhas. O_o

Por que estou escrevendo sobre um assunto tão chato?
Veja bem nobre leitor, isto se da pelo fato de que eu, atraio gente a uma cultura vulgarmente conhecida como inútil (louco atrai gente louca e idéias loucas)...

Como esta bagaça começou? Eu gosto de revistas de informática, games, cultura inútil, super interessantes antigas... alias tenho a super n° zero... e para descobrir a idade daquelas folhas de papel? graças a wikipedia e complicadíssimos cálculos matemáticos descobri que foi lançada 15 dias antes da edição 1 e que está saiu em 29 de setembro de 1987 (nóóóóssssssaaaaaaa, foi publicada em 14 de setembro de 1987? Agora posso dormir tranquilo!).

Ai que entram o ISBN e o ISSN, sistemas de cadastro de livros e periódicos, respectivamente. São números de série que estas publicações tem (em revistas é meio difícil de achar, mas na veja encontrei em letras menores que as de bula de remédio) que a identificam perante a montanha de publicações que existem.

Revistas estas que hoje tem uma valor maior pelo fato de serem uma maquina do tempo do mundo da tecnologia e da cultura inútil (ok, ok, saudosismo para ser menos ácido), ou vocês não gostam de abrir uma revista velha e apreciar uma propaganda da Toyota Bandeirante com o slogan "quem não tem estrada tem toyota".

Bem... me voy por hoy!

domingo, 7 de outubro de 2007

Oi, eu sou o Cabelo!