domingo, 15 de agosto de 2010

O dilema do prisioneiro

A e B foram presos pela policia como suspeitos de roubarem uma galinha de ovos de ouro. Como a polícia não tem provas suficientes para condena-los e como o a corporação precisa cumprir metas contra a crescente violência urbana, oferece a cada um dos presos um acordo:

1. Se um dos presos dedurar o outro e este ficar calado, aquele que delatou ganha a liberdade enquanto o outro verá o sol nascer quadrado durante 10 anos;

2. Se os 2 delinquentes ficarem calados a polícia pouco poderá fazer e os manterá no xadrez por apenas 1 ano;

3. E se ambos dedurarem o comparsa, a polícia vai perceber que existe algo muito errado na história e vai manter ambos por 5 anos na cadeia.

Como A e B estão em salas diferentes, um não sabe da resposta do outro.

E a pergunta que não quer calar. Como A e B vão agir ao interrogatório?

Como vocês já devem ter percebido isto é um problema, um dos problemas da teoria dos jogos, o qual questiona sobre a colaboração, que no caso do problema acima ajuda A e B a conseguirem uma pena menor pelo crime, desde que um confie no silêncio do outro, gerando uma situação de "gango-ganho".

Referências:
1. http://pt.wikipedia.org/wiki/Dilema_do_prisioneiro
2. http://www.didacticaeditora.pt/arte_de_pensar/leit_axelrod.html